A hora do Planeta 2009 - Earth Hour 2009 - Pretog News
Pretog News: A hora do Planeta 2009 - Earth Hour 2009

O Pretog participa pelo segundo ano da Hora do Planeta, um ato simbólico, que será realizado dia 28 de março, às 20h30, no qual governos, empresas e a população de todo o mundo são convidados a apagar as luzes para demonstrar sua preocupação com o aquecimento global.

Clique aqui para acessar o post publicado no ano passado

O gesto simples de apagar as luzes por sessenta minutos, possível em todos os lugares do planeta, tem como objetivo chamar para uma reflexão sobre a ameaça das mudanças climáticas.

Participe! É simples. Apague as luzes da sua sala.


Como participar?


Cidades apagarão suas luzes de Norte a Sul do Brasil

Brasília e Porto Alegre anunciaram hoje suas adesões ao ato simbólico Hora do Planeta 2009. No dia 28 de março, serão apagadas as luzes dos principais ícones da capital federal como Congresso Nacional, Catedral, Esplanada dos Ministérios, entre outros. Em Porto Alegre, a prefeitura do município confirmou que a estátua do Laçador e a Usina do Gasômetro serão os ícones gaúchos que ficarão no escuro por uma hora, das 20h30 às 21h30.

Em solenidade de assinatura do termo de adesão à Hora do Planeta, no Senado Federal, nesta quarta-feira (18/3), o vice-governador do Distrito Federal, Paulo Octávio, afirmou que “o planeta precisa de ajuda. Esta iniciativa do WWF-Brasil é bastante oportuna e simbólica. Estamos contentes em poder participar do movimento e mostrar que o governo do Distrito Federal está atento às questões ambientais e se compromete a lutar pela preservação da vida no planeta”.

A Frente Parlamentar Ambientalista também aderiu ao movimento e o termo de compromisso foi assinado pelo coordenador da Frente, deputado José Sarney Filho e pela senadora Seres Slhessarenko.

O evento contou também com a participação da secretária-geral do WWF-Brasil, Denise Hamú. “De Brasília emanam todas as decisões importantes para o Brasil. Então, a adesão da cidade à Hora do Planeta tem um simbolismo especial, mostrando que o país está engajado na luta contra aquecimento global”, afirmou.

Contando com Porto Alegre e Brasília, já aderiram à Hora do Planeta 22 cidades, entre elas Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Lorena (SP), Salgueiro (PE), Itajaí (SC), uma das mais atingidas pelas enchentes que assolaram a região Sul no final do ano passado. O estado do Amazonas também confirmou sua participação.

Em Brasília, os monumentos que terão suas luzes apagadas são o Congresso Nacional, Catedral, Conjunto Cultural da República, Teatro Nacional, ministérios e iluminação pública da Esplanada. Outro ícone da cidade que pela primeira vez ficará desligado durante uma hora é o letreiro do Conjunto Nacional de Brasília, o shopping mais antigo da cidade, que também aderiu ao movimento.


Curitiba adere à Hora do Planeta

Curitiba aderiu hoje oficialmente à campanha Hora do Planeta 2009. No dia 28 de março, dez monumentos da cidade terão suas luzes apagadas por uma hora, das 20h30 às 21h30.

Os ícones da cidade que serão apagados são: Teatro do Paiol, Fonte dos Anjos, Torre da Biodiversidade, Estufa do Jardim Botânico, Linha Verde - Monumento de bambu, as fontes das praças Santos Andrade e Generoso Marques, portais de Santa Felicidade e Polonês, pista de atletismo da praça Osvaldo Cruz, e cancha polivalente da Praça Ouvidor Pardinho.

A Fundação O Boticário de Proteção à Natureza e a Prefeitura de Curitiba são as apoiadoras da campanha na capital paranaense. A Fundação O Boticário é responsável por mobilizar a população da cidade, incluindo organizações, empresas e pessoas, para aderirem ao “apagão” e também multiplicarem a idéia.

“Com esse ato simbólico de apagar as luzes, vamos mostrar ao mundo que, trabalhando juntos, podemos fazer a diferença na luta contra o aquecimento global”, afirma a diretora executiva da Fundação O Boticário, Malu Nunes.

“A Fundação O Boticário também está aproveitando esse momento de mobilização para alertar sobre a importância da conservação da natureza. Em nosso país, 75% das emissões de gases causadores do aquecimento global têm origem no desmatamento e na queimada; ou seja, manter nossas florestas em pé é fundamental para amenizar os impactos das mudanças climáticas”, explica ela.

Por enquanto, além da capital paranaense, primeira representante da região Sul, aderiram à Hora do Planeta o Rio de Janeiro, o estado do Amazonas e os municípios de Jurumin (SP), São Geraldo do Araguaia (TO) e Cametá (PA).


Brasil reforça sua participação na Hora do Planeta 2009



O WWF-Brasil comemora a adesão do estado do Amazonas no evento global Hora do Planeta 2009. O estado localizado no coração da Amazônia irá apagar as luzes da fachada e interior do Teatro Amazonas, na cidade de Manaus, um importante ícone do norte do país, e do Largo São Sebastião às 20h30 do dia 28 de março, como ato simbólico no combate às mudanças climáticas.

“É uma grande satisfação poder contar com a participação de um estado com a riqueza ambiental do Amazonas na Hora do Planeta. Essa adesão ao ato simbólico representa uma preocupação do estado na mobilização da sociedade pela preservação do meio ambiente”, afirma a secretária-geral do WWF-Brasil, Denise Hamú.

“O Governo do Amazonas não poderia ficar fora dessa iniciativa cujo objetivo é alertar para o problema do desmatamento e das queimadas, principais fontes de emissão de gases de efeito estufa no Brasil. Nosso estado também tem a preocupação com o uso eficiente de energia, previsto nos programas da nossa Lei de Mudanças Climáticas, pioneira no Brasil”, comentou Nádia Ferreira, Secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas.

Além dessa importante participação, e da já anunciada adesão do Rio de Janeiro que vai desligar as luzes dos principais cartões-postais da cidade, outros três municípios brasileiros estão empenhados em mobilizar sua população a apagar as luzes de suas casas: Jumirim, no estado de São Paulo, São Geraldo do Araguaia, no Tocantins, e Cametá, no Pará.

Esses três municípios estão entre as 1.189 cidades de 80 países que confirmaram até hoje a participação na Hora do Planeta 2009 – um número que há duas semanas do evento global histórico já superou a meta de adesão de 1 mil cidades e que reflete a vontade da comunidade mundial de influir no futuro do planeta.

2 Comments:

  1. Adriana said...
    Como moro em Manaus,uma hora atrasado em relação ao fuso horário de brasília, estou com uma dúvida: é para apagar as luzes a 20:30 h ou às 19:30 h?
    Mauro said...
    Olá Adriana, acredito que deve apagar as 19:30, já que o evento é mundial e o horário em questão é o de Brasília, como estou no Rio apagarei as 20:30.

Post a Comment



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial