http://f.i.uol.com.br/folha/ilustrada/images/09033367.jpg
"Foi demais!!!" Foi com essa frase que o gaúcho se despediu do BBB9 Flávio foi eliminado com 69% dos votos. Flávio que "cavou sua própria cova" ao votar no amigo Max, disputou o paredão com a musa Priscila que teve apenas 31% dos votos, agora restam apenas 4 participantes na casa, Max, Fran, Ana e Priscila são os sobreviventes. No dia 12 de abril, final do BBB9, enfim saberemos quem será o vencedor.

Ana Carolina é líder novamente, a loira foi escolhida pelos confinados no quarto branco Priscila e Flávio, que não sabiam exatamente em que estavam votando. Sendo assim Ana teve que escolher quem colocaria no paredão e indicou Flávio. O restante da casa votou e escolheu Priscila para disputar a preferência do público com o Gaúcho.

A cantora Josiane foi eliminada neste domingo, a mesma foi eliminada pelo público com 55% contra 45% de Ana Carolina.

Logo em seguida Ana foi sagrada líder novamente e indicou Flávio para o paredão, o restante da casa indicou Priscila

De ponta a ponta. Assim, Jenson Button venceu a primeira prova da temporada 2009 da Fórmula 1, confirmando que a Brawn GP é mesmo a equipe a ser batida no ano. Em uma corrida cheia de atrativos, Barrichello herdou a segunda posição a três voltas do fim e completou a dobradinha. Mesmo largando dos boxes, Trulli, da Toyota, fechou o pódio.

Button e Barrichello não contêm euforia e vibram com chefe Ross Brawn no pódio

Como esperado, o GP da Austrália começou confuso. Já na largada, Rubens Barrichello não tracionou bem e caiu para a sétima posição. Já Felipe Massa, ganhou três posições de forma arrojada logo nas primeiras curvas e pulou para terceiro. Nelsinho Piquet foi um dos pilotos que mais ganharam posições na primeira volta. Saiu da 14ª colocação para a nona.

Atual campeão, Lewis Hamilton mostrou que a 18ª posição alcançada no treino oficial não seria empecilho para que ele tivesse um desempenho regular. Nas seis primeiras voltas, o inglês passou nove adversários, inclusive Nelsinho, no quinto giro da prova.

O bom início da Ferrari com Massa e Raikonnen logo foi prejudicado. Um dos únicos a largarem com pneus macios, a dupla da escuderia italiana teve que parar já na décima volta devido ao desgaste excessivo dos compostos.

Enquanto o pelotão intermediário brigava por posições, Button e Vettel faziam uma outra corrida. Os dois pilotos trocavam voltas rápidas e, em pouco tempo, a diferença do líder para o terceiro colocado Rosberg na décima quarta volta já era superior a 30 segundos.

Atual vice-campeão, brasileiro Felipe Massa não conseguiu completar 1ª prova do ano

No 18º giro, o japonês Kazuki Nakajima se chocou contra o muro e causou a entrada do Safety Car na pista. Aproveitando a mudança nas regras com relação ao carro de segurança, Rubens Barrichello foi para os boxes, algo que não era permitido na última temporada. No entanto, acabou ficando 21 segundos, perdendo a chance de recuperar posições.

Quem se deu bem com a batida de Nakajima e a entrada do Safety Car foi Felipe Massa. Por ter parado mais cedo, o brasileiro aproveitou a entrada de seus concorrentes nos boxes e voltou para a terceira posição. Na retomada do carro de segurança aos boxes, Nelsinho acabou perdendo o comando de sua Renault e foi parar na caixa de britas, abandonando a prova e alegando aos mecânicos, pelo rádio, que os freios não responderam aos seus comandos.

Massa foi o primeiro a abrir a segunda rodada de paradas nos boxes. Algo que não lhe ajudou. O vice-campeão de 2008 acabou perdendo posições para Kubica, da BMW, e para o próprio companheiro de Ferrari, Kimi Raikonnen.

Em corrida de recuperação, Barrichello demonstrou que, assim como o companheiro Button, tinha carro de sobra para alçar melhores posições, não fosse o erro da largada. Da metade ao final da prova, o mais experiente piloto da categoria acabou como único brasileiro na pista, isso porque Felipe Massa abandonou na 47ª volta, devido a um problema mecânico.

Nas últimas voltas, Barrichello conseguiu ultrapassar Rosberg e quando já se conformava com o quarto lugar, viu a segunda posição cair de graça em suas mãos. Na briga pela vice-liderança, Kubica tentou ultrapassar Vettel, mas os dois se tocaram e abandonaram a prova.

O evento foi um sucesso, em seu terceiro ano, sendo o segundo com a participação do Pretog e o primeiro com a participação do Brasil, foi levado bem a sério. Caso você não saiba o que é o Earth Hour (ou Hora do Planeta) clique aqui. Abaixo você encontra as melhores fotos do evento pelos vários pontos turísticos do Brasil e do mundo.































O novo líder Flávio, venceu a prova e imediatamente após foi obrigado a indicar alguém para o paredão, e a "escolhida" foi Ana Carolina. Os outros membros votaram e escolheram o Josiane (com votos de Francine e Max) para disputar com o paredão de domingo, quando outro paredão se formará para mais uma eliminação na terça-feira.

A Sister Milena foi eliminada no paredão desta terça-feira por uma diferença de 26%. Milena teve 63% dos votos contra 37% de Max. O resultado desse paredão, mostrou não só o equilíbrio entre os integrantes do chamado lado B como a popularidade de Max que não é mais a mesma. Max no seu segundo paredão, que era triplo, teve apenas 6% dos votos, e por isso foi apontado por muitos como o favorito a vencer o programa, mas nas últimas semanas o artísta plástico passou a não agradar tanto os companheiros de programa quando ao público em geral, agora é aguardar e esperar o paredão da próxima semana.

O Pretog participa pelo segundo ano da Hora do Planeta, um ato simbólico, que será realizado dia 28 de março, às 20h30, no qual governos, empresas e a população de todo o mundo são convidados a apagar as luzes para demonstrar sua preocupação com o aquecimento global.

Clique aqui para acessar o post publicado no ano passado

O gesto simples de apagar as luzes por sessenta minutos, possível em todos os lugares do planeta, tem como objetivo chamar para uma reflexão sobre a ameaça das mudanças climáticas.

Participe! É simples. Apague as luzes da sua sala.


Como participar?


Cidades apagarão suas luzes de Norte a Sul do Brasil

Brasília e Porto Alegre anunciaram hoje suas adesões ao ato simbólico Hora do Planeta 2009. No dia 28 de março, serão apagadas as luzes dos principais ícones da capital federal como Congresso Nacional, Catedral, Esplanada dos Ministérios, entre outros. Em Porto Alegre, a prefeitura do município confirmou que a estátua do Laçador e a Usina do Gasômetro serão os ícones gaúchos que ficarão no escuro por uma hora, das 20h30 às 21h30.

Em solenidade de assinatura do termo de adesão à Hora do Planeta, no Senado Federal, nesta quarta-feira (18/3), o vice-governador do Distrito Federal, Paulo Octávio, afirmou que “o planeta precisa de ajuda. Esta iniciativa do WWF-Brasil é bastante oportuna e simbólica. Estamos contentes em poder participar do movimento e mostrar que o governo do Distrito Federal está atento às questões ambientais e se compromete a lutar pela preservação da vida no planeta”.

A Frente Parlamentar Ambientalista também aderiu ao movimento e o termo de compromisso foi assinado pelo coordenador da Frente, deputado José Sarney Filho e pela senadora Seres Slhessarenko.

O evento contou também com a participação da secretária-geral do WWF-Brasil, Denise Hamú. “De Brasília emanam todas as decisões importantes para o Brasil. Então, a adesão da cidade à Hora do Planeta tem um simbolismo especial, mostrando que o país está engajado na luta contra aquecimento global”, afirmou.

Contando com Porto Alegre e Brasília, já aderiram à Hora do Planeta 22 cidades, entre elas Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Lorena (SP), Salgueiro (PE), Itajaí (SC), uma das mais atingidas pelas enchentes que assolaram a região Sul no final do ano passado. O estado do Amazonas também confirmou sua participação.

Em Brasília, os monumentos que terão suas luzes apagadas são o Congresso Nacional, Catedral, Conjunto Cultural da República, Teatro Nacional, ministérios e iluminação pública da Esplanada. Outro ícone da cidade que pela primeira vez ficará desligado durante uma hora é o letreiro do Conjunto Nacional de Brasília, o shopping mais antigo da cidade, que também aderiu ao movimento.


Curitiba adere à Hora do Planeta

Curitiba aderiu hoje oficialmente à campanha Hora do Planeta 2009. No dia 28 de março, dez monumentos da cidade terão suas luzes apagadas por uma hora, das 20h30 às 21h30.

Os ícones da cidade que serão apagados são: Teatro do Paiol, Fonte dos Anjos, Torre da Biodiversidade, Estufa do Jardim Botânico, Linha Verde - Monumento de bambu, as fontes das praças Santos Andrade e Generoso Marques, portais de Santa Felicidade e Polonês, pista de atletismo da praça Osvaldo Cruz, e cancha polivalente da Praça Ouvidor Pardinho.

A Fundação O Boticário de Proteção à Natureza e a Prefeitura de Curitiba são as apoiadoras da campanha na capital paranaense. A Fundação O Boticário é responsável por mobilizar a população da cidade, incluindo organizações, empresas e pessoas, para aderirem ao “apagão” e também multiplicarem a idéia.

“Com esse ato simbólico de apagar as luzes, vamos mostrar ao mundo que, trabalhando juntos, podemos fazer a diferença na luta contra o aquecimento global”, afirma a diretora executiva da Fundação O Boticário, Malu Nunes.

“A Fundação O Boticário também está aproveitando esse momento de mobilização para alertar sobre a importância da conservação da natureza. Em nosso país, 75% das emissões de gases causadores do aquecimento global têm origem no desmatamento e na queimada; ou seja, manter nossas florestas em pé é fundamental para amenizar os impactos das mudanças climáticas”, explica ela.

Por enquanto, além da capital paranaense, primeira representante da região Sul, aderiram à Hora do Planeta o Rio de Janeiro, o estado do Amazonas e os municípios de Jurumin (SP), São Geraldo do Araguaia (TO) e Cametá (PA).


Brasil reforça sua participação na Hora do Planeta 2009



O WWF-Brasil comemora a adesão do estado do Amazonas no evento global Hora do Planeta 2009. O estado localizado no coração da Amazônia irá apagar as luzes da fachada e interior do Teatro Amazonas, na cidade de Manaus, um importante ícone do norte do país, e do Largo São Sebastião às 20h30 do dia 28 de março, como ato simbólico no combate às mudanças climáticas.

“É uma grande satisfação poder contar com a participação de um estado com a riqueza ambiental do Amazonas na Hora do Planeta. Essa adesão ao ato simbólico representa uma preocupação do estado na mobilização da sociedade pela preservação do meio ambiente”, afirma a secretária-geral do WWF-Brasil, Denise Hamú.

“O Governo do Amazonas não poderia ficar fora dessa iniciativa cujo objetivo é alertar para o problema do desmatamento e das queimadas, principais fontes de emissão de gases de efeito estufa no Brasil. Nosso estado também tem a preocupação com o uso eficiente de energia, previsto nos programas da nossa Lei de Mudanças Climáticas, pioneira no Brasil”, comentou Nádia Ferreira, Secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas.

Além dessa importante participação, e da já anunciada adesão do Rio de Janeiro que vai desligar as luzes dos principais cartões-postais da cidade, outros três municípios brasileiros estão empenhados em mobilizar sua população a apagar as luzes de suas casas: Jumirim, no estado de São Paulo, São Geraldo do Araguaia, no Tocantins, e Cametá, no Pará.

Esses três municípios estão entre as 1.189 cidades de 80 países que confirmaram até hoje a participação na Hora do Planeta 2009 – um número que há duas semanas do evento global histórico já superou a meta de adesão de 1 mil cidades e que reflete a vontade da comunidade mundial de influir no futuro do planeta.

Milena imunizou Ana, que pela segunda vez consecutiva é imunizada. Max, por sua vez imunizou Francine apesar das brigas nos dias anteriores. A líder Josi indicou Milena, que pelo jeito não engoliu a última indicação feita por Milena na semana passada. O restante do Grupo votou para que Max fosse ao paredão junto com Milena.Resumindo, este é o primeiro paredão de Milena e o terceiro paredão de Max

A cantora Josi venceu a prova do líder do BBB9 em uma prova de pontos, que eram somados pela quantidade de pilhas alcalinas (8 pontos cada) e comuns (1 ponto cada) encontradas em uma caixa escura. Josi somou 172 pontos, e venceu como disse Pedro Bial, de Goleada e é líder do BBB pela primeira vez.

Um rato, dois besouros e uma planta foram encontrados nas montanhas andinas

Lima, Peru – Cientistas anunciaram nesta quinta-feira a descoberta de quatro espécies, uma de planta e três de animais, nas florestas próximas à Cordilheira Branca, no Peru. Entre as novidades, três espécies são comprovadamente novas para a ciência - uma planta do altiplano andino (Senecio sanmarcosensis) e dois besouros (Eriopis canrash e Cycloneda andresii) -, enquanto um rato (Akodon sp.nov) é provavelmente uma nova espécie. As descobertas foram feitas durante uma série de expedições realizadas na região entre 2005 e 2008.

O pequeno roedor do gênero Akodon mede menos de nove centímetros de comprimento e tem uma cauda de 6,5 centímetros. Ele vive entre 2.880 e 4.733 metros acima do nível do mar e é encontrado somente na região de Ancash, no noroeste do Peru. Esse ratinho desempenha um papel importante no controle de insetos e na dispersão de sementes no ecossistema onde vive.

Um rato, dois besouros e uma planta foram encontrados nas montanhas andinas

Outra descoberta surpreendente foi a da planta Senecio sanmarcosensis, que faz parte da vegetação dos pântanos do altiplano andino. Essa vegetação purifica a água que vem da montanha e atua como seu reservatório. Essa água é fonte de vida para as comunidades que moram no vale localizado ao pé da cadeia de montanhas. A Senecio sanmarcosensis desabrocha entre maio e julho e é encontrada somente em três lugares da região de Ancash, todos acima dos 4.500 metros de altitude.

A Associação de Ecossistemas Andinos (Ecoan, da sigla em espanhol) -- que liderou as descobertas e é parceira da Conservação Internacional -- acredita que essa planta deveria ser incluída na categoria de ‘Quase Ameaçada’ (NT, da sigla em inglês), conforme os critérios da Lista Vermelha da União Mundial para a Natureza (IUCN, da sigla em inglês), uma vez que só é encontrada em poucas áreas que sofrem pressões, como as do pastoreio intensivo.

Também fazem parte das descobertas anunciadas dois besouros, o Eriopis canrash e o Cycloneda andresii, que controlam as populações de pulgões e de ácaros, responsáveis pela destruição de plantações importantes para a sobrevivência dos povos daquela região.

“Foi uma experiência maravilhosa ter participado de uma expedição científica, estudado a biodiversidade de 13 queñuales (como também são chamadas as florestas de Polylepis no Peru), entrado em contato com essas paisagens e ter tido a oportunidade de conversar com as comunidades locais”, afirma Constantino Auca, presidente da Ecoan.

Os queñuales onde ocorrem essas espécies são fundamentais para a contenção da erosão do solo e, também, para a produção de grandes quantidades de oxigênio. Essas florestas estão entre as mais elevadas do mundo e muitas estão localizadas próximas a montanhas de picos nevados. Os queñuales funcionam como reservatórios de água para as comunidades que vivem na região.

Cerca de metade das plantas que as comunidades locais usam com finalidades medicinais é encontrada nos queñuales, que abrigam ainda mamíferos como a onça-parda (Puma concolor), a viscacha (Lagidium viscacia), o gato andino (Oreailurus jacobita) e o taruca (Hippocamelus antisensis), entre outros.

As principais ameaças aos queñuales são a extração de madeira descontrolada, as práticas de pastagens não-sustentáveis, a queima da floresta e a mineração.

Mais de 130 famílias de quatro comunidades locais (Aquia, Huasta, Challhuayaco e Pujun) moram no entorno das florestas de Polylepis e dependem delas para obtenção de lenha e de outros recursos para a sua sobrevivência.

Naiá foi a décima eliminada da casa do Big Brother Brasil 9, Naná (como era conhecida na casa) foi eliminada com 59% de votos do público para sair da casa.
Josiane ficou com 41% dos votos, e escapa da berlinda do BBB9.

Naiá é a décima eliminada do BBB9

Discurso de Pedro Bial antes de divulga que Naiá era a eliminada da semana.

“Foi um escândalo quando se disse esta frase, que alguns atribuem ao pintor Pablo Picasso: ‘a vida começa aos 40′. Hoje, no século XXI, dizem que a vida começa aos 50. A vida começa todos os dias, nos fatos corriqueiros. Para nós aqui, a vida começa de novo a partir do início do confinamento. O começo foi difícil para ela, conturbado e desastroso. Ela foi mais inconsequente que uma criança de 4 anos, começou bem mal, falou besteiras. Mas o programa faz a gente rever nossos próprios preconceitos. Atenção: vocês com 20, 30 vão ficar velhos. Então é melhor chegar bem à velhice. Por isso, vem trabalhar , Naná, vem pra cá”

Maíra eliminada

A BBB Maíra foi eliminada do programa, como muitos já esperavam. Maíra recebeu 62% dos votos do público para deixar a casa no paredão que disputava com a bacharel em Direito Ana Carolina.


Maíra chegou ao paredão após a indicação de Max, líder da semana. Durante sua justificativa, Max disse que indicava Maíra para dar continuidade a sua estratégia dentro do reality show e que queria testar a força da participante.

Eliminada ontem, Maíra entrou no BBB 9 um mês após o início do programa. Juntamente com André, também já fora da disputa, a modelo passou alguns dias confinadas em uma casa de vidro montada no jardim da casa do reality show.

Foi o público quem optou pela entrada dos dois novos participantes, que entraram no jogo já sabendo da popularidade de alguns dos confinados e com informações privilegiadas.

Ainda na casa de vidro, Maíra se desentendeu com André, alegando que o sertanejo falava muita besteira e comentava assuntos relacionados a sexo em horários que as crianças poderiam estar assistindo ao programa.

Após sua entrada tardia, Maíra se entrosou bastante com Flávio, de quem enfrentou investidas amorosas, mas não foi bem aceita por algumas mulheres da casa, principalmente por Francine e Milena.

Milena, que vivia um romance com Ralf no programa quando Maíra entrou na casa, não recebeu bem a nova moradora, alegando que as duas eram muito diferentes. Já Francine, que num primeiro momento se aproximou da BBB, foi com quem Maíra protagonizou sua maior discussão dentro do BBB 9.

Francine, que disputava o paredão com Mirla e permaneceu na casa, não reagiu bem à aproximação de Maíra um dia após a eliminação e questionou por quais motivos a apresentadora queria conversar com ela. "É mais fácil se aproximar quando o time está ganhando?", questionou Francine.

A discussão entre as duas esquentou e Maíra acabou chamando a gaúcha de burra.

Postagens mais recentes Postagens mais antigas Página inicial