Coca-Cola promove campanha de preservação ambiental - Pretog News
Pretog News: Coca-Cola promove campanha de preservação ambiental

Programa Água das Florestas Tropicais Brasileiras, do Instituto Coca-Cola Brasil, reflorestará margens de rios para melhorar a qualidade e a quantidade da água, com o replantio de 3,3 milhões de árvores

O Instituto Coca-Cola Brasil lançou, no dia 31 de maio, uma importante iniciativa de preservação ambiental: o programa Água das Florestas Tropicais Brasileiras. Ele promoverá a recuperação de bacias hidrográficas através do reflorestamento de matas ciliares. O programa prevê o reflorestamento de 3 mil hectares, com investimento R$ 27 milhões até 2011. A fase inicial será realizada na Serra do Japi, Alto Tietê, estado de São Paulo. A Coca-Cola é associada benemérita do Instituto Akatu.

“É fácil defender o meio ambiente no ambiente dos outros. Difícil é defender o meio ambiente no nosso ambiente. Fico feliz de estarmos aqui com o propósito de fazermos o bem para o meio ambiente. Parabenizo o Instituto Coca-Cola Brasil por esta iniciativa”, declarou a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, durante evento de lançamento do programa, em São Paulo.
De acordo com o presidente da Coca-Cola Brasil, Brian Smith, o programa tangibiliza a visão da empresa, que tem a preservação do meio ambiente entre seus principais pilares de crescimento sustentável. “Água das Florestas demonstra o comprometimento do Sistema Coca-Cola Brasil com o meio ambiente. Com ele queremos fazer a diferença na recuperação de bacias hidrográficas, beneficiando as comunidades em seu entorno”, explica.

O programa foi desenhado seguindo as regras do Protocolo de Kyoto para ser elegível ao mercado de carbono, que contempla a recuperação de áreas de florestas devastadas. Com isto, o Água das Florestas já nasce com uma possibilidade adicional de recursos para a sua sustentabilidade. Para tanto, a implantação do programa foi precedida por fases de estudo, pesquisa e planejamento, incluindo análises físico-químicas da água dos rios, realizadas pela consultoria Plant Inteligência Ambiental. Para desenhar e planejar o programa, a empresa identificou as necessidades da região e a disponibilidade de recursos materiais e técnicos para a sua realização. A Plant também foi contratada pelo Instituto Coca-Cola Brasil para efetuar os plantios e fazer seu acompanhamento, com apoio conjunto de instituições de pesquisa e universidades.

Na fase inicial do Programa, a Fundação SOS Mata Atlântica será a responsável pela mobilização dos proprietários de terra, engajamento social e monitoramento da qualidade da água, que será realizada com a participação de escolas e a conscientização da população local sobre a necessidade da conservação dos rios e das matas. Para tanto, promoverá atividades educativas e convidará estudantes e organizações da sociedade civil das cidades vizinhas a participarem da medição da qualidade da água dos rios no longo prazo, utilizando kits com reagentes químicos e físicos e monitorando os resultados. Esta ação envolverá diretamente pelo menos 800 habitantes da região. Na Coca-Cola Brasil, funcionários darão sua contribuição voluntária plantando no Rio de Janeiro, onde fica a sede do Sistema, mudas nativas da região do programa, que depois serão transportadas para a floresta.

Fonte: Coca-Cola Brasil

0 Comments:

Post a Comment



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial